Após três anos de suspensão, Maurren Maggi volta às pistas

Após três anos de suspensão, a atleta Maurren Maggi participará do GP
Sul-americano de Atletismo, que será realizado nos dias 15 e 16 de
julho, em Bogotá, na Colômbia. É a primeira competição oficial da
saltadora depois de seu retorno às pistas.

O técnico Nélio Moura está confiante por uma boa marca de Maurren em
Bogotá. “Ela vem treinado bem aqui e no Camping Internacional que
realizou em Formia, na Itália, no mês de junho. Maurren tem condições
de fazer uma boa marca em seu retorno às pistas”, afirmou.

Em junho de 2003, no Troféu Brasil, Maurren foi suspensa após ser
flagrada em exame antidoping. A atleta alegou que havia usado uma
pomada em uma sessão de depilação. Após três anos, a atleta ganhou a
liberação da Confederação Brasileira de Atletismo no mês passado.

Mesmo sem competir desde junho de 2003, a atleta detém três recordes
brasileiros e sul-americanos em pista aberta. Maurren obteve 12s71 nos
100m com obstáculos, 7h26 no salto em distância e 14h55 no salto
triplo. Em 2003, Maurren Maggi obteve recorde mundial no salto em
distância, com 7m06.

Maurren também foi finalista do salto em distância nos Mundiais de
Sevilha–1999 e Edmonton-2001. Ainda ganhou a medalha de bronze no
Mundial indoor de Birmingham-2003 e a de prata na Copa do Mundo de
Madri em 2002. No Pan de Winnipeg-1999, foi ouro no salto em distância
e prata nos 100 m com barreiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.