Quênia perde um de seus principais maratonistas para o Mundial

O atual campeão da maratona de Londres, Martin Lel, não fará parte da seleção do Quênia para o Mundial de agosto, que será disputado em Helsinque, devido a uma lesão, de acordo com anúncio feito pelas autoridades do esporte daquele país.

"Nós conseguimos colocar subseqüentemente Paul Biwott no lugar de Lel", disse David Okeyo, secretário geral de atletismo do Quênia. "Já enviamos um comunicado para Biwott, que deverá entrar em contato conosco imediatamente para pegarmos mais detalhes."

Biwott foi o segundo colocado na última maratona de Paris, atrás de seu compatriota Salim Kipsang.

A seleção do Quênia já está sem Paul Tergat, detentor do recorde mundial, que na última semana recusou participação na equipe alegando estar ainda se recuperando de uma lesão. Segundo o Okeyo, os atletas selecionados para o Mundial receberam a permissão de disputar diversas provas na Europa, começando com a maratona de Paris, na última sexta-feira, e terminando em Oslo, dia 26 de julho.

"As maratonistas Catherine Ndereba e Tegla Loroupe treinarão na Filadélfia, nos Estados Unidos, e na Suíça, respectivamente", afirmou Okeyo. Ndereba disputará a meia-maratona de Sapporo, no Japão, no próximo dia 4, enquanto Loroupe competirá em Sendai, dia 10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.