Autismo: como funciona e quais os benefícios da terapia ocupacional

As intervenções de profissionais dessa área da saúde ajudam as crianças com autismo a conquistar autonomia e independência nas tarefas do dia a dia.

À primeira vista, parece que investir tempo em terapia ocupacional (T.O.) tem a ver com ocupar o tempo vago com passatempos e atividades recreativas. Não. O objetivo de um tratamento nessa área tem a ver com desenvolver de modo sistematizado a capacidade da criança com autismo em desempenhar de forma autônoma, independente e plena as suas ocupações, tarefas e atividades do cotidiano que ela terá ao longo da vida.

Na primeira infância, por exemplo, a principal ocupação de uma criança é o brincar, baseado nisso o objetivo principal da T.O. será gerar funcionalidade e autonomia nesse brincar, sendo ele sozinho ou compartilhado com outras crianças.

Source: Leia mais aqui

Portal de Evidências ajudará gestores a tomar decisões – MEC

Entrou no ar em 28 de Dezembro de 2018, o Portal de Evidências do Ministério da Educação. O espaço tem o objetivo de institucionalizar o diálogo e a colaboração entre o MEC, instituições e pesquisadores sobre o uso de evidência e inovação para melhorar a educação pública brasileira. “Evidências são dados, pesquisas e análises que permitem saber se as políticas ou programas geram os resultados esperados e impactos positivos”, explica a coordenadora geral da Assessoria Estratégica de Evidências do MEC, Daniela Ribeiro.

Trata-se de uma perspectiva que, por meio do uso de pesquisas rigorosas e da realização de avaliações contínuas, vai construir um acervo de práticas para ajudar gestores na tomada de decisões e na resolução de problemas específicos de cada escola. “O uso de evidências ajuda o governo a gastar melhor, sabendo o que funciona e o que dá melhores resultados”, avalia a coordenadora.

O Portal de Evidências também ajudará a fomentar a cultura de avaliação e de inovação dentro do Ministério da Educação, fornecendo a pesquisadores acadêmicos, que produzem estudos na área de políticas educacionais, acesso a dados oficiais do MEC. “Além disso, o Portal também é uma ferramenta de comunicação com a Rede de Evidências Educacionais, criada pelo MEC e composta por universidades, organismos multilaterais, organizações do terceiro setor e especialistas reconhecidos na área de evidências para a educação”, detalha Daniela Ribeiro.

O lançamento do Portal de Evidências faz parte da estratégia de promoção do uso de evidências na elaboração e na gestão das políticas e programas do MEC. A Assessoria Estratégica de Evidências (AEVI) do MEC foi criada para qualificar o debate sobre políticas públicas, contribuindo para a melhor gestão dos recursos públicos. O portal contribui para a divulgação da importância do uso de evidências, assim como para a oferta de materiais e relatórios sobre os programas em andamento no MEC.

A Rede é coordenada pela Assessoria Estratégica de Evidências do MEC, que tem entre suas atividades apoiar avaliações de impacto dos programas do MEC, desenvolver pilotos de inovação e realizar cursos e capacitações.

Acesse: Portal de Evidências 

Nestas férias, USP tem cursos gratuitos na área de humanas – Jornal da USP

Que tal aprimorar seus conhecimentos na área de humanas durante estas férias? A partir do dia 11 de julho, estão abertas as matrículas para a primeira edição do projeto Cursos de Inverno da FFLCH. São 46 cursos gratuitos nas áreas de Ciências Sociais, Filosofia, Geografia, História e Linguística, muitos deles com perspectiva interdisciplinar.

O projeto é uma iniciativa do Serviço de Cultura e Extensão (SCE) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, em São Paulo. As aulas ocorrem entre os dias 22 e 30 de julho, com turmas distribuídas nos períodos da manhã, tarde e noite. Ao todo são 1.530 vagas.

As atividades são ministradas por pós-graduandos e professores da FFLCH. Todos os alunos aprovados terão certificados de conclusão emitidos pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP.

Faça sua inscrição aqui